34 3851-7222

Notícias

Virus australiano ajuda agricultores a controlar Helicoverpa armigera

Noticia indicada pelo Técnico Agrícola Wanderson Rocha colaborador da CARPEC.

NELSON MOURA
TERÇA-FEIRA, 11/02/2014
Os produtores rurais do oeste baiano relatam bons resultados com a utilização do vírus australiano HzNPV no combate à Helicoverpa armigera. Os agricultores daquele país já enfrentam a praga a diversas décadas, e conseguiram “virar o jogo” com a utilização massiva de controle biológico.

Celito Breda, diretor da Abapa, Associação Baiana dos Produtores de Algodão, explica que a ideia foi aproveitar a experiência australiana. “Uma das ferramentas que nós incrementamos de forma muito massiva foi o controle biológico, principalmente na soja. Nós tivemos um vazio sanitário melhor do que nos anos anteriores. Deixamos um período mínimo de 60 dias, com o mínimo de hospedeiros para essa praga se fixar, durante os meses de setembro e outubro”, conta ele.

O vírus paralisa a lagarta, que vai ficando lenta, comendo menos e acaba definhando. O produto provoca a morte em 5 a 7 dias, mas deve ser aplicado assim que for observada a presença da Helicoverpa armigera na lavoura. A aplicação preventiva é ineficaz, pois é necessária a lagarta para “hospedar” o vírus na planta.
 

Agrolink
Autor: Leonardo Gottems
Fonte: www.agrolink.com.br

Comente

Desenvolvido pela itsit.es
Carpec - Cooperativa Agropecuária de Carmo do Paranaíba Ltda. - Av. João Batista da Silva, 398 - Bairro JK - CEP 38840-000 - Carmo do Paranaíba - MG